coisinhas random #3

Faz um tempinho, né? A semana foi meio uneventful, tirando um merengue trágico que não deu certo e me causou tristeza demais para compartilhar por aqui… Mas tem umas coisinhas:

IMG_1229

1. Meu novo café da manhã preferido na Trindade. Tá, eu nunca tive um café da manhã preferido na Trindade… Minhas opções em Floripa costumavam ser Padeiro de Sevilha no Centro ou François em Santo Antônio (que permanecem sendo ♥). Mas no meu último fim de semana na cidade fui no Berinjela pra experimentar o cardápio de café da manhã deles. Eu já tinha comido uns sanduíches de almoço lá, que embora gostosos (a maionese de alho é a melhor parte, recomendo já pedir uma porção extra porque vem bem pouquinho), não achei aquilo tudo. Mas o sanduíche de croissant com queijo e presunto (foto) me conquistou. Ele vem no combo de café da manhã Buenos Aires, servido até 10h30, que inclui um suco de laranja e um café Latte ou Americano por R$15,95. Durante o resto do dia, o mesmo sanduíche se chama Paris e custa R$9,95 sozinho. É crocante e quentinho, e o atendimento no sábado às 10h foi o melhor que já tive por lá.

IMG_1233

2. Adri, como sempre, preparando delícias: vinho frisante rosé da Salton, carambolas, limão siciliano, maçã verde e uvas.

IMG_1251

3. Pressinto que em breve teremos receitas com maracujá.

IMG_1168

4. Ganchinhos faux-parisienses da lojinha mais fofa de Rio do Sul, a Casa de Baunilha, onde também vende, para minha alegria, …

chás

5. …chás! Minha mãe decidiu que bastava da minha bagunça com mil embalagens diferentes, e compramos essa caixinha de acrílico. Agora estão todos à mostra! (bom, quase todos… restam as latinhas de loose tea e as caixas dos saquinhos que não vêm embalados um a um).

P.s.: Tenho uma teoria da conspiração. Recentemente começaram a aparecer por aqui caixinhas da Twinnings em português e espanhol, que não sei se são embaladas aqui ou o quê… O produto continua sendo inglês, mas eu JURO que o chá que vem nas caixas antigas, importadas, é melhor. Senti isso no de hortelã, depois que passei de uma caixa daquelas maiores para essa nova. A segunda tinha muito menos sabor. Tive experiência semelhante com o de frutas vermelhas. Continua sendo bem melhor que nossos chás nacionais, mas mesmo assim…

Anúncios

coisinhas random 2

IMG_8475

1. Eis uma french toast bem mais apresentável que a do post com a receita. Está rapidamente se tornando meu café da manhã oficial aos sábados.

IMG_0634

2. Confirmei: a exposição do Kubrick que está no MIS (Museu da Imagem e do Som) de São Paulo é a mesma que vi no Lacma, em Los Angeles, em março (foto). Naquele dia, fiquei lendo com toda calma todos os trechos dos roteiros que tinha na primeira sala e, quando estava olhando as câmeras e lentes que ele usava, o guardinha veio me avisar que tinha só mais 10 minutos para o museu fechar. Passei correndo pelas salas seguintes — que tinham todas as coisas legais dos filmes. Foi trágico. Se passar por São Paulo antes de janeiro, com certeza vou lá conferir — vale super a pena.

picolés

3. Tenho uma nova parada obrigatória na Lagoa da Conceição. Duas semanas atrás a Má insistiu MUITO para que fôssemos na La Nieveria (a foto é do Facebook deles), que vende picolés no que aparentemente é “a moda mexicana”. Comi o torta de limão recheado com leite condensado — e recomendo pegar a versão sem o recheio, porque ficou muito doce. A Má pediu o de morango com leite condensado, que não experimentei, mas que ela diz que combina muito bem o azedinho do morango puro congelado com o docinho cremoso do leite condensado. Depois de dar uma volta na Lagoa, na hora de ir embora, confessamos que queríamos mais e voltamos. Comi um de kiwi, que estava muito bom, e a Má o de doce de leite com recheio de doce de leite — que não é enjoativo como poderia soar, e é uma delícia. Fica na rua Nossa Senhora da Conceição, 30.

Untitled

4. Olha, essa é a Má! (A Má Bento, tem a Má Ferraz também, que mora em São Paulo). Tem muitas fotinhas dela no meu Flickr no momento.

IMG_8449

5. Rádios e relógios de todos os tipos e tamanhos expostos na feirinha de usados do Centro Histórico de Floripa, que está acontecendo todos os sábados. Antes de sair do jornal, escrevi essa matéria sobre o início da feira, que continua firme e forte e com novos expositores. Inclusive a Fabi, personagem da matéria e dona de uma linda casa e do blog Casa de la Gracia, agora está participando da feira também, com um estande bem fofo montado na rua João Pinto.

coisinhas random

IMG_7978

1. Minha mãe tinha feito molho de tomate, eu tinha comprado pão italiano. Fiz bruschettas com alho poró (na preguiça nem refoguei, só coloquei em cima e tostei no forno), gorgonzola com damasco (no lugar do molho de tomate e da mozzarella, usei um resto de molho de gorgonzola com creme de leite e coloquei o damasco fatiado por cima) e três queijos (mozzarella, parmesão ralado de pacotinho e um pouco do molho de gorgonzola).

nhoque

2. Só na minha última semana em Floripa, em uma noite de chuva, fui até a Da Madre Massas Artesanais, na Madre Benvenuta. Comprei um caneloni de espinafre para a janta que não estava tudo aquilo, mas o nhoque de batata baroa e especialmente o molho de tomate com manjericão (DELÍCIA com alho) que fiz no dia seguinte conquistaram meu coração. Eles têm massas frescas e congeladas, e quem sabe da próxima vez me aventuro nas mais caras, que me pareceram muito apetitosas. Eles têm uma filial no Rio Tavares, também. Curti como opção a pedir comidas caras e nada caseiras.

la guirlanda

3. Um pouquinho mais tarde, fui pela primeira vez na La Guirlanda, uma creperia que abriu do lado da Da Madre. Pedimos de entrada as cestinhas de galette com salmão e maracujá, que estavam gostosas mas não foram o ponto alto. Como eu queria algo mais leve, pedi a galette Fazendeira (que coincidentemente é o significado do meu nome) depois, com queijo brie, mel e nozes (originalmente vai queijo de cabra, mas estava em falta e pedi a substituição). Estava uma delícia. Mas tem outras opções carne, camarões, cogumelos, etc… tudo muito tentador. O crepe doce que foi um pouco decepcionante – a massa é açucarada e meio crocante, diferente da salgada que é bem macia. A Má pediu o de sucrésalé e disse que o recheio também não era tão bom assim. Nesse caso, prefiro os meus. Mas o ambiente é bem gostoso, eles têm uma proposta cultural, e eu quero voltar para experimentar outras galettes.

IMG_0153

4. Mais da decoração do casamento da Li. Ela fez coraçõezinhos de cartolina, que estavam por cima das mesas. Thani e eu nos apaixonamos por eles!

IMG_8395

5. A cheesecake cortada. Nham.

P.s.: Esse post é um rip-off do Cupcakes and Cashmere, que toda semana publica um post chamado “Five things“. Mas na verdade tem tanta coisinha acumulada aqui que preciso liberar em lotes…