ragu de vegetais

Ontem eu saí do escritório um pouco mais cedo para fazer almoço. Estava sozinha e abri a geladeira para ver o que dava para inventar… E encontrei vários legumes, alguns tristes e abandonados querendo estragar. Aí tive uma revelação! Lembrei de uma receita do Jamie Oliver de fusilli integral com ragu de vegetais e frango. Eu já estava fazendo arroz multigrãos com cogumelos, então decidi fazer só o ragu mesmo como acompanhamento pra um almocinho vegetariano. A receita é super versátil! E rápida de fazer. É uma boa ideia para aproveitar os restos de legumes no fim da semana.

IMG_0735

Ragu de vegetais

rende o suficiente para rechear 6 panquecas/cannellonis (com ricota) ou para servir de acompanhamento para 2 pessoas

Ingredientes

Vegetais

—   Eu usei ½ abobrinha, ½ berinjela, ½ cenoura, ¼ de um pimentão verde pequeno, 1 pimenta vermelha sem as sementes (deixei cair só algumas)

—   Na receita do Jamie (para 4 pessoas), vai 1 alho poró, 1 talo de salsão, 1 cenoura, 1 abobrinha, 3 pimentões vermelhos em conserva

Alho*

Azeite de oliva

Tomilho ou alecrim fresco

Passata ou extrato de tomate

*Não vai alho na receita original. Eu senti falta dele no final, então joguei alguns flocos de alho desidratado quando estava quase pronto. Pra quem gosta, acho legal colocar um dente já junto com os vegetais

Preparo

Corte os vegetais grosseiramente e coloque em um processador de alimentos até ficar tudo picado bem miudinho.

Coloque o azeite para esquentar em uma panela e acrescente os vegetais e o tomilho ou alecrim com uma pitada de sal e pimenta. Como eu tinha pimentão cru (e você possivelmente tenha alho), refoguei essa mistura por vários minutos.

Eu não sabia o que era passata de tomate (é um molho feito só de tomate, sem pele e sem sementes), então usei extrato mesmo — 3 colheres de chá e um pouco de água. Então adicione a sua opção de tomate e deixe cozinhar em fogo baixo.

Experimente o tempero… e é isso! Está pronto. Fica parecendo um ragu mesmo.

Cogumelos refogados

Eu sempre preparo cogumelos assim… dá para usar em sanduíches, risotos, molhos…

Ingredientes

Cogumelos paris fatiados

Salsa ou cebolinha picada

manteiga ou azeite

sal e pimenta

shoyu

Preparo

Derreta um pouco de manteiga (ou aqueça o azeite) em uma frigideira grande. Acrescente os cogumelos e refogue brevemente, já que eles cozinham super rápido. Acrescente a salsa ou cebolinha, tempere com sal, pimenta e uma colher de shoyu. Tire do fogo antes que ele amoleça demais.

Eu servi com arroz multigrãos cozido normalmente, no qual eu joguei o caldinho dos cogumelos que ficou na frigideira.

—————-

Bônus!

Ha! Como sobrou meia porção do ragu, usei ele como recheio para cannellonis, já que tinha sobrado massa de quando minha mãe fez lasanha. Eu acho que esse recheio combinaria mais com panquecas… mas o procedimento é o mesmo, então aí vai:

Cannelloni/panqueca com ragu de vegetais

Despedace uma fatia grossa de ricota e tempere com sal e azeite de oliva. Espalhe a ricota e o ragu dentro da massa e enrole. Cubra com molho branco ou de tomate e queijo e coloque no forno bem quente até dourar.

Bom, o meu resto de ragu só deu para três cannellonis… então fiz um outro recheio para os demais:

Cannelloni de bacon com cogumelos

Frite tirinhas de bacon na frigideira até ficarem dourados, então retire o excesso de gordura. Acrescente um pouco de azeite e cogumelos paris fatiados e refogue até eles ficarem macios. Despedace um pouco de ricota, tempere com azeite e adicione os conteúdos da frigideira. Recheie a massa com a mistura e enrole-a. Cubra com molho branco e queijo e leve ao forno bem quente até dourar.

IMG_0745

And there you have it! Dois almoços (;

E logo logo vem o prometido post sobre Budapeste…

Anúncios

reeeecapitulando

Estou com vergonha. Sabe quando você esquece de devolver algo que pegou emprestado de um amigo e fica com vergonha sempre que encontra com ele e se lembra disso? Esse tipo de vergonha. Cada vez que pensava “ah! posso postar isso no blog”, desde que voltei de férias, lembrava de todas as coisas da viagem que prometi escrever por aqui mas nunca o fiz… E aí simplesmente não aparecia mais por aqui. Pois, quanto mais o tempo passa pior fica, então agora é a hora de quebrar o silêncio!

Agora já faz mais de um mês que voltei da Europa, mas vi/fiz/comi tanta coisa legal por lá que vale a pena recapitular (; Como a viagem durou três semanas e passou por três lugares bem diferentes, vou dividir as coisas… começando pela Alemanha!

IMG_8718 IMG_8734 IMG_8739

Nossa primeira parada foi Nürnberg.  O mercado de Natal da cidade é um dos mais antigos da Alemanha, e tem várias decorações fofas e comidas típicas. Experimentamos as nürnberger würstchen, linguiças alemãs típicas da região, que são pequenas, fininhas e bem saborosas. Também tomamos o tradicional glühwein (o quentão alemão) e comemos crepe de chocolate kinder (coisa que eu lembrava da Winter Wonderland em Londres… nham).

Passamos a véspera de Natal por lá, o que foi ótimo com exceção do cardápio da ceia: o pato selvagem servido de prato principal foi uma das coisas mais bizarras que já experimentei na vida. Eca. Em compensação, fiz as pazes com as vieiras, que eu tinha achado meio nojentas quando as comi em outra ceia de Natal anterior, em Berlin.

IMG_8938 IMG_8940 IMG_8945

Depois seguimos para Füssen, uma cidade pequena e pitoresca cercada de montanhas nevadas. A real atração lá são os castelos de Neuschwanstein e Hohenschwangau, que ficam nas redondezas. Na primeira noite achamos um restaurante chamado Herzl am Rathaus, onde eu e meu pai dividimos o maior prato de wiener schnitzel da história (pedimos dois, eles entenderam que era só um, e graças a deus).

IMG_8963 - Version 2IMG_9026 IMG_9062

Pegamos neve no Neuschwanstein (: Só um pouquinho, mas rolou uma fotinho bucólica.

Depois ainda visitamos Munique e Stuttgart. Tudo com muita comida alemã e poucos canecos de cerveja (de um litro).

IMG_1510

De Stuttgart fomos para Budapeste (próximo post!) e na volta eu fiquei alguns dias com meu irmão na cidade onde ele está estudando, Karlsruhe. Fizemos uma pequena viagem de compras para Mannheim, ali por perto, e comemos em um restaurante turco muito bom que ele conheceu quando morou lá para estudar alemão. Além disso, cozinhamos com cogumelos, salmão (congelado, but still) e knödels (que são bolas de pão ou batata super legais que no mercado tem prontos em caixinhas).

IMG_1639

IMG_1646

Ah! E last but not least: patinei no gelo! É muuuito legal.

IMG_1655

Agora já perdi a vergonha… próxima parada é Budapeste (;